quarta-feira, 27 de maio de 2009

Casquinha de Kani-Kama


Ingredientes:
1 colher (sopa) de azeite de oliva
1 cebola pequena picada
200 grs. de kani-kama cortado em cubos
2 tomates sem pele e sem sementes picadas
1 colher (sopa) de farinha de trigo
1/2 xícara (chá) de leite
1 colher (sopa) de coentro picado
Sal a gosto
2 claras
1 colher (sopa) de queijo parmesão ralado

Modo de preparar:
Em uma panela, aqueça o azeite e doure a cebola.
Junte o kani e os tomates e deixe refogar.
Dissolva a farinha de trigo no leite e misture ao refogado, deixe engrossar
e acrescente o coentro.
Reserve.
Bata as claras até obter picos firmes e adicione delicadamente à mistura.
Distribua em conchas próprias e polvilhe parmesão.
Leve ao forno moderado (180ºC), pré-aquecido, por 15 minutos ou até gratinar.

Dica: pode ser servida como canapés

Fígado de Boi Veneziano


Ingredientes
400g de fígado bovino cortado em tiras
400g de cebola picada
2 colheres (sopa) de manteiga
4 colheres (sopa) azeite extra virgem
salsinha triturada a gosto
sal
pimenta do reino a gosto

Modo de Preparo
Refogar a cebola cortada bem fininho na manteiga e no azeite, quando estiver bem macia junte o fígado cortado em tiras bem finas, tempere com sal e pimenta e refogue rapidamente para que fique cozido, mas não muito seco. Sirva imediatamente

Gaspacho


Ingredientes
6 tomates, maduros
½ cebola,
½ pepino, grande e sem casca
½ pimentão amarelo ou vermelho
1 dente de alho
Pedaços de pão branco velho
5 colheres (sopa) de vinagre de vinho branco
5 colheres (sopa) de azeite de oliva
1 xícara (chá) de água

Modo de preparo
Bata todos os ingredientes no liquidificador.
Para aguçar o gosto, descansar o gaspacho por 2 horas na geladeira, sirva gelado

domingo, 24 de maio de 2009

Frango Ensopado


Ingredientes
1 frango de aproximadamente 1 ½ quilo
2 cebolas grandes cortadas em rodelas
1 pimentão vermelho cortado em rodelas
2 colheres das de sopa de cheiro verde picado
1 colher das de chá de orégano
1 folha de louro
10 azeitonas pretas sem caroço
10 batatas miúdas
2 batatas grandes cortadas em fatias
1 xícara de café de azeite de oliva (extra-virgem, de preferência)

Modo de preparar
1. Lave bem o frango e corte pelas juntas
2. Unte a panela de barro com um fio de óleo e forre com as fatias de batata
3. Vá colocando alternadamente camadas de frango, cebola, pimentão, o cheiro verde e orégano misturados com a folha de louro, batatas pequenas e azeitonas.
4. Termine com uma camada de cebolas e temperos.
5. Regue com o azeite de oliva.
6. Leve a panela ao fogo forte até levantar fervura. Abaixe o fogo e deixe cozinhar por 1 ½ hora
7. Apague o fogo e deixe descansar por cinco minutos

sábado, 23 de maio de 2009

Costela de Porco a Milaneza


Ingredientes:
01 kg. de costelinhas de porco
03 colheres (sopa) de farinha de trigo
02 ovo inteiro
06 colheres (sopa) de farinha de rosca
06 colheres (sopa) de margarina
02 tomates
sal e pimenta-do-reino a gosto
salsa

Modo de fazer:
Lave e enxugue as costeletas, tempere com sal e pimenta-do-reino. passe-as na farinha de trigo, no ovo batido e na farinha de rosca. aqueça a margarina e frite as costeletas em fogo baixo durante 30 minutos, virando-as de vez em quando para tostar por igual. escorra em papel toalha e passe-as para uma travessa. decore com tomates em rodelas, ramos de salsa e alguns limões em pedaços. sirva com arroz branco, batata cozida e salada verde.

Dica: a mesma receita, troque a costelinah pela bistéquinha.

Paella Negra


Ingredientes:
300 g de arroz parboilizado
4 envelopes de tinta de lula
300 g de lula
2 tentáculos de polvo cozido
300 g de posta de cação
400 g de camarões médios
300g de mariscos frescos
Caldo de peixe
1 taça de vinho branco seco
1 cebola média
1 cabeça de alho
Azeite de oliva virgem


Modo de fazer:
Refogar alho, cebola em azeite de oliva, acrescentar o arroz e o vinho branco, em seguida a tinta de lula e o caldo do peixe. Quando o arroz estiver quase cozido acrescentar o polvo, o peixe e os mariscos, cozinhar por 1 ou 2 minutos e em seguida acrescentar os camarões e as lulas. Acrescentar salsinha picada na hora, corrigir o sal e pimenta

Dica: faça o caldo de peixe com os ingredientes da paella, é mais saboroso.



Pão de Cebola


Ingredientes:
1 xícara (chá) de óleo
2 colheres (sopa) rasas de açúcar
1 xícara (chá) de leite morno
3 ovos
3 cebolas médias
1 colher (sopa) rasa de sal
3 tabletes fermento para pão
1 tablete caldo de galinha
1 kg de farinha de trigo

Modo de Fazer:
Bata todos os ingredientes no liquidificador sem a farinha.
Despeje, depois de batido, em um recipiente com a farinha e sove bem.
Deixe a massa crescer em um lugar quente e enrole.
Pincele com a gema.
Leve ao forno pré-aquecido por 20 min.

Pão de Coco


Ingredientes:
1 kg de farinha de trigo
120g de açúcar
20g de sal
400g de coco natural
100g de fermento
100ml de leite de coco
Água o suficiente

Modo de Fazer:
Junte tudo em uma vasilha e mexa com a mão até a massa ficar homogênea. Divida a massa em pedaços e deixe descansar por uma hora.
Depois, modele o pão e coloque nas formas. Deixe fermentar por mais três horas e coloque no forno pré-aquecido em 180 graus por 25 minutos.




Pão de Queijo


Ingredientes:
1kg de polvilho azedo
500g de queijo prato ralado
50g de queijo parmesão
1 colher (sopa) de sal
4 ovos inteiros
1 copo de leite
1 copo de óleo
1 copo de água

Modo de preparo:
Coloque o polvilho num bol (ou bacia) e acrescente os líquidos. Adicione os ovos ligeiramente batidos. Misture com uma colher ou com as mãos.
Acrescente o sal e os queijos aos poucos, sempre misturando.
Provavelmente seja necessário um pouco mais de água para dar o ponto na massa. A massa tem que cair da colher e fica bem mole. Unte uma assadeira com óleo e vá pingando a massa com uma colher. Leve para o forno e asse até dourar (180º a 200º). Se quiser que fique esbranquiçado igual o da padaria, deixe menos tempo no forno.

Pão Caseiro com Mandioquinha


Ingredientes:
1 xícara de leite morno
3 ovos
1 colher (chá) de sal
1/2 xícara (chá) de açúcar
3 colheres (sopa) de margarina
1 envelope de fermento biológico seco
4 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 mandioquinha média ralada
Manteiga e farinha para untar
1 cenoura média ralada

Modo de Fazer:
Misture o leite com os ovos, o sal, o açúcar, a margarina e o fermento biológico seco, até obter uma mistura homogênea.
Junte a farinha de trigo e sove.
Divida em 2 partes.
Em 1 parte da massa junte a mandioquinha, misturando bem.
Coloque em 2 formas para pão untadas e enfarinhadas.
Repita a operação com a outra parte da massa, adicionando a cenoura.
Cubra e deixe descansar até dobrar de volume.
Asse em forno na temperatura média, pré-aquecido por cerca de trinta minutos ou até dourarem.
Deixe amornar e desenforne.
.
Dicas: A mandioquinha pode ser substituída por mandioca ralada e a cenoura por beterraba.
Pode ser feito só com um legume.
Ative a cor usando também legume em pó.

Dica: Substitua a uva passa por damasco e as nozes por castanha-do-pará.

Pão de Cenoura e Aveia


Ingredientes:
Massa:

15g de fermento biológico
½ xícara (chá) água
6 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 xícara (chá) de aveia em flocos finos
3 ovos
2 xícaras (chá) de cenoura ralada
1 xícara (chá) de suco laranja
100g margarina
1 colher (sopa) de sal
1 colher (sopa) de açúcar
1 colher raspas de laranja

Modo de Fazer:
Dissolva o fermento na água, junte os outros ingredientes, e acrescente a farinha até dar o ponto, deixe descansar por 30 minutos. Após o descanso divida a massa, monte os pães e novamente deixe descansar por mais 30 minutos. Asse em forno pré-aquecido por 30 minutos

Dicas: de Recheio: peito de peru, mortadela, requeijão ou mostarda.

Pão Integral de Linhaça


Ingredientes:
50g de fermento biológico
2 colheres (sopa) de açúcar mascavo
1 colher (sopa) de sal
500ml de água filtrada
50ml de óleo
3 ovos inteiros
500g de farinha integral
600g de farinha branca
200g de linhaça

Modo de Fazer:

Desmanche o fermento no açúcar. Coloque a água, o óleo, os ovos e o sal. Misture tudo.
Acrescente as farinhas aos poucos, junto com a linhaça. Amasse bem e deixe a massa descansar até dobrar de tamanho.
Divida a massa em três partes e coloque cada uma delas em fôrmas grandes de bolo inglês. Espere a massa crescer, até dobrar novamente de volume. Asse em forno pré-aquecido a 200 ºC, por cerca de 25 minutos.


Pão Integral com Nozes e Passas


Ingredientes:
Massa:

30g de açúcar mascavo
10g de sal refinado
30g de fermento fresco
300ml água
200g de farinha Integral
300g de farinha de trigo
50g de manteiga sem sal
50g de uvas passas
100g de nozes picadas.

Modo de Fazer:
Misture os quatro primeiros ingredientes e deixar descansar um pouco (5 a 10 min)
Junte a farinha de trigo, a farinha integral e amasse até soltar das mãos. Trabalhe a massa para que fique elástica e lisa.
Prepare a massa e só ao final coloque a manteiga.
Acrescente as nozes e passas e deixe descansar por 20 minutos em temperatura ambiente de no máximo 35º C. Sove a massa novamente e deixe descansar por mais 20 minutos.
Coloque numa forma funda retangular, untada com manteiga e deixe fermentar até quase o dobro do volume.
Assar em forno a 175º C por 25 minutos.

Pão de Leite (bisnaguinhas)



Ingredientes:
450g de farinha de trigo
5 gemas
1/2 xícara (chá) açúcar
1 tablete de fermento fresco
2 colheres (sopa) manteiga
250ml de leite
1 colher (café) sal

Modo de Fazer:
Misture as gemas, o fermento e o açúcar.
Adicione metade do leite e misture.
Adicione a farinha de trigo, a manteiga, o sal e o restante do leite.
Amasse bem.
Modele conforme desejado.
Deixe crescer até quase dobrar de volume.
Pincele a gema conforme desejado.
Asse em forno 170ºC até atingir a coloração desejada.

Dica: Substitua o açúcar por adoçante culinário. Fica delicioso.


quarta-feira, 20 de maio de 2009

Pernil ao Molho de Frutas


Ingredientes:
1 pernil médio
3 cebolas
6 dentes de alho
3 cenouras médias
3 talos de salsão
1 pimentão
1 garrafa de vinho branco
1 copo de suco de laranja
Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de fazer:
Passe no liquidificador todos os ingredientes com o vinho branco e o suco de laranja. Ponha o pernil em uma vasilha funda para marinar (absorver o tempero) e leve-o à geladeira por pelo menos 5 horas. Depois, leve-o ao fogo para cozinhar por 1 hora. Depois de cozido, retire o pernil e o ponha em uma assadeira com um pouco de molho, cobrindo com papel alumínio e deixe assar no forno na temperatura de 400 graus por 2 horas. Retire e sirva com o molho.

Molho de frutas
Ingredientes:
1 garrafa de suco concentrado de maracujá
1 garrafa de suco concentrado de manga
1 copo de vinho branco
1 copo de mel
2 copos de água
3 colheres de sopa de alecrim seco
O restante do caldo que sobrou do pernil
4 colheres de sopa de amido de milho

Modo de Fazer:
Leve todos os ingredientes ao fogo, exceto o amido de milho.
Deixe cozinhar por 30 minutos em fogo brando.
Quando começar a fervura, adicione o amido de milho, dissolvido em um pouco de água, misturando bem até que engrosse um pouco
Deixe cozinhar por mais 10 minutos.


Decore usando sua criatividade.

OssoBuco Pantaneiro


Ingredientes:
4 kg de Ossobuco (músculo com osso)
½ kg de cenouras
½ kg de batata pequenas (com cascas)
½ kg de mandioquinha
½ kg de batata doce
5 espigas de milho verde (cortar em rodelas de 3 a 4 centímetros)
½ kg de tomates ( cortados em quatro partes)
½ kg de inhame
½ kg cebolas pequenas (inteiras)
½ kg cebolas (cortadas grossa)
2 cabeças de alho (fatiar)
200 ml de azeite extra virgem
½ litro vinho tinto suave
½ vidro de molho inglês
pimenta vermelha (a gosto)
sal ( a gosto)
óleo de milho para fritar

Modo de preparar:
Descasque todos os ingredientes, menos a batata miúda que deve ser somente lavada, pique a cenoura, o inhame, os tomates, a batata doce, a mandioquinha em pedaços de 4 cm cada.
Em uma panela grande, de preferência de ferro, coloque óleo de milho para aquecer.
Coloque os pedaços de ossobuco para fritar, ate que fique bem dourado os dois lados. Reserve em uma outra panela concluir com toda a carne.
Coloque no fundo da panela uma camada com cenouras e batatas doces, coloque a seguir uma camada de ossobuco já frito, e vá colocando camadas de legumes e ossobuco ate utilizar todos os ingredientes.
Coloque sal, azeite, alho picado, molho inglês e o vinho.
Cozinhe em fogo baixo com a panela tampada.
Tempo estimado de cozimento 1:30 hs.

terça-feira, 19 de maio de 2009

Azeite e sua História


O azeite é muito citado na história da humanidade, contam os gregos que na disputa pelas terras do que é hoje a cidade de Atenas. A oliveira é capaz de produzir óleo para iluminar a noite, suavizar a dor dos feridos e capaz de ser alimento precioso, rico em sabor e energia. Já os italianos contam que Rômulo e Remo, fundadores da cidade de Roma, viram a luz do dia pela primeira vez debaixo dos galhos da oliveira.
O fato é que o azeite esta incorporado na alimentação do homem há muito tempo. Segundo conta a história, a oliveira tem origem entre o sul do Cáucaso, nos altos planos do Irã e no litoral mediterrâneo da Síria e Palestina. Mais tarde, expandiu-se para o todo o mediterrâneo
Vestígios das oliveiras são encontrados em restos fossilizados na Itália, no Norte da África, pinturas em rocha nas montanhas do Saara Central, com origem entre quinto e segundo milênio a.C, em relevos e relíquias da época minóica em Creta (3.500 a.C), além das granalhas trançadas de oliveira vestidas por múmias da XX Dinastia do Egito.
O azeite não era usado somente como alimento pelos povos antigos, mas também para iluminar.
Lamparinas eram abastecidas com azeite para iluminar os edifícios de muitos povos da antiguidade.

A simbologia do azeite na Bíblia
Na Bíblia, o azeite é utilizado como o símbolo da presença de Deus do Espírito Santo.
Em Gênesis, quando as chuvas do dilúvio tinham cessado e a arca ainda navegava sobre as águas, o patriarca Noé teria soltado uma pomba que retornou trazendo um ramo de oliveira.
Jacó, ao ter duas experiências sobrenaturais com Deus, em Betel, em ambas as vezes colocou no local uma coluna de pedra sobre a qual derramou azeite. (Gênesis 28:18 e 35:14)
Os judeus utilizavam o azeite nos seus sacrifícios e também como uma divina unção que era misturada com perfumes raros. Usava-se, portanto, o azeite na consagração dos sacerdotes (Êxodo 29:2-23; Levítico 6:15-21), no sacrifício diário (Êxod
o 29:40), na purificação dos leprosos (Levítico 14:10-18 e 21:24-28), e no complemento do voto dos nazireus (Números 6:15).
Quando alguém apresentar ao Senhor uma oblação como oferta, a sua oblação será de flor de farinha; derramará sobre ela azeite, ajuntando também incenso. (Levítico 2:1)
Pode-se afirmar que a Torah previa três tipos de ofertas de manjares que deveriam ser acompanhadas com azeite e sem fermento, as quais eram: 1) flor de farinha com azeite e incenso; 2) bolos cozidos ou obreias (bolos muito finos) untadas com azeite; 3) grãos de cereais tostados com azeite e incenso. E, enquanto a ausência de fermento simbolizava a abstinência do pecado, o azeite representaria a presença de Deus. Parte das ofertas era então queimada no altar como sacrifício a Deus. Certas ofertas, contudo, deviam efetuar-se sem aquele
óleo, como, por exemplo, as que eram feitas para expiação do pecado (Levítico 5:11) e por causa de ciúmes (Números 5:15). Os judeus também empregavam o azeite para friccionar o corpo, depois do banho, ou antes de uma ocasião festiva, mas em tempo de luto, ou de alguma calamidade, abstinham-se de usá-lo.
O azeite também era reconhecido como um medicamento entre os judeus (Isaías 1:6; Marcos 6:13; Lucas 10:34 e Tiago 5:14).
Pode-se dizer que na cultura judaica o azeite indicava o sentimento de alegria, ao passo que a sua falta denunciava tristeza, ou humilhação.
Antes de sua prisão, Jesus passou momentos agonizando no Getsêmani, ou Jardim das Oliveiras, situado nos arredores da Jerusalém antiga. O nome Getsêmani significa lagar do azeite. A escolha do local trazia com exatidão o que estava acontecendo com Jesus momentos antes de ser crucificado, quando iria ser sacrificado e esmagado como uma azeitona, a fim de que a humanida
de pudesse receber o Espírito Santo em seus corações.

O que é o azeite?

O Azeite é uma gordura essencialmente monoinsaturada, rica em vitamina E e outros antioxidantes naturais, sintetizada naturalmente nas azeitonas como substância de reserva, contribuindo para assegurar a multiplicação da espécie. É extraído da azeitona unicamente por processos mecânicos e físicos que em condições, essencialmente térmicas, que não produzem a sua alteração.

Como se produz o azeite?
O método de fabrico do azeite inclui uma série de etapas que vão desde a apanha das azeitonas ate ao seu armazenamento, passando por uma série de processos que permitem a sua obtenção e asseguram a sua qualidade.

A qualidade do azeite
A Qualidade do Azeite vai ser determinada pela região, a variedade e o grau de maturação das azeitonas, o estado sanitário dos frutos, o processo de extracção, o modo de conservação e a idade do azeite.

Classificação dos azeites
Consoante as características apresentadas pelo azeite (pontuação organoléptica, acidez livre e aplicação), pode ser classificado em diversos tipos de azeite: azeite virgem extra que pode ser classificado em azeite virgem, azeite corrente e azeite lampante; e ainda azeite refinado e apenas e só azeite, quando refinado e enriquecido com azeite virgem.

O azeite e a saúde
Para além dos seus benefícios na área da beleza, o azeite possui características que ajudam diminuir o risco de enfarte do músculo cardíaco, ajuda a combater os diabetes, auxilia a digestão, evita a formação de cálculos (pedras) e tem efeito preventivo nalguns tipos de cancro.

O azeite na cozinha
O azeite dá sabor, aroma e cor, integra os alimentos, personaliza e identifica um prato. Suporta muito bem temperaturas elevadas, não se alterando ao contrario de outras gorduras, o que permite todas as formas de cozinhar. Forma uma crosta na superfície dos alimentos fritos, impedindo a penetração do azeite no interior dos mesmos. Com azeite obtêm-se fritos mais secos e apetecíveis.
Os azeites virgem extra têm sabor mais suave e por isso são ideais para temperar, usar em doçarias e sobremesas.
Os azeites de sabor intenso são mais apropriados para intensificar o sabor dos pratos de bacalhau, caldeiradas, escabeches, açordas, etc,…
O azeite biológico
O azeite pode também ser produzido por processos biológicos, embora em menores quantidades e a preços mais elevados.

Como conservar o azeite
O Azeite deve guardar-se em recipientes de vidro, de preferência escuros, ou em recipientes de folha de flandres ou de aço inox. Deve manter-se em local fresco, sem luz e longe de produtos com cheiros intensos para evitar que os absorva.

Produção e classificação do azeite
Na produção do azeite de oliva, são necessárias de 1300 a 2000 azeitonas para a produção de 250 ml de azeite e as técnicas da agricultura familiar do passado, cedem hoje lugar aos processos industriais do agronegócio.
Já o método tradicional de prensagem à frio, praticamente inexiste na atualidade, foi modificado por processos modernos de extração com uso de pressão e temperatura.
A oliveira é uma árvore robusta e a poda deve ser adaptada à idade da árvore, sendo este um do principais aspectos da cultura das oliveiras. A hora mais indicada para a colheita é quando não existem mais azeitonas verdes na árvore e os processos vão desde o manual ao mecanizado. O bom azeite de oliva é obtido a partir da seleção de azeitonas saudáveis e inteiras no instante da colheita.
Quanto mais cedo as frutas forem para a prensagem, melhor será a qualidade do azeite, pois as olivas fermentam rapidamente.
As azeitonas são batidas para produzir uma massa, que passa por um processo de centrifugação, o que deixa o azeite limpo para armazenagem e, logo após, o produto é filtrado antes do acondicionamento.
O azeite de oliva é produzido somente a partir de azeitonas, não podendo ser usada essa denominação para óleos extraídos por solventes ou re-esterificação ou misturas com outros tipos de óleos. Os principais tipos de azeite de oliva usados na alimentação são:

Azeite de oliva virgem
Obtido através de processos mecânicos. Dependendo de suas características e da acidez, pode ser classificado como extra, virgem ou comum.

Azeite de oliva refinado
Obtido pela refinação de azeite virgem que apresenta alto índice de acidez ou defeitos que serão eliminados no processo de refinação.
Normalmente é misturado com azeite de oliva virgem.

Azeite de oliva
É uma mistura de azeite de oliva refinado com o virgem.
Existe ainda o azeite do bagaço de oliva, constituído de uma mistura de azeite extraído do bagaço da azeitona por solventes e, posteriormente refinado e misturado com o azeite virgem.
O azeite de oliva possui alta participação de gordura monoinsaturada na sua composição e, mantém ainda, a presença de importantes antioxidantes naturais.

TIPO ACIDEZ UTILIZAÇÃO
Extra virgem 1,0% Saladas e molhos
Virgem fino 1,5% Idem
Semifino 3,0% Saladas e frituras
Refinado 3,0% Frituras de imersão
Puro 2,0% Frituras, assados e marinados

O azeite relacionado a saúde
Na atualidade o tema alimentos funcionais esta presente de forma incisiva na mídia., Alguns alimento funcionais são desenvolvidos ou incrementados na sua função nutracêutica, graças à utilização da engenharia de alimentos. ,
O azeite de oliva talvez seja o mais antigo produto que atende naturalmente aos requisitos dos funcionais, revelando-se hoje, à luz da ciência, um ingrediente bastante saudável e indispensável em dietas que contribuem para evitar as doenças mais comuns do mundo moderno.
Estudos comparativos realizados em povos mediterrâneos, que utilizam fartamente o azeite de oliva em suas dietas, revelaram um índice claramente menor de mortalidade por doença cardiovascular em relação à população do norte da Europa e América do Norte.
Comprovou-se que essa proteção não está ligada à diversidade genética, já que italianos e gregos que emigraram para a América do Norte e se adaptaram aos novos hábitos alimentares, acabaram por perder essa proteção e ficaram expostos às doenças cardiovasculares na mesma proporção que os americanos.
A ingestão de frutas e hortaliças, como brócolis, vegetais verdes e tomates, associada ao uso do azeite podem evitar o desenvolvimento de tumores malignos.
Os trabalhos científicos que estudam os benefícios da Dieta Mediterrânea, considerada como uma das mais saudáveis atualmente, afirmam que a adesão a esse tipo de alimentação pode reduzir a incidência de três tipos de câncer: o coloretal em até 25%, o de mama em cerca de 15% e o de próstata, em torno de 10%.

O azeite no mercado e sua relação com a saudabilidade
Os benefícios do azeite já são reconhecidos mundialmente, tanto que o rigoroso FDA (Food and Drug Administration, agência que regula produtos farmacêuticos e alimentícios nos EUA) autorizou os fabricantes de azeite a fazerem referência nas embalagens sobre os efeitos benéficos para a saúde e, principalmente, para o sistema cardiovascular.
O azeite Extra Virgem, apresentação do azeite mais relacionado com a prevenção de doenças, está virando vedete na mesa do brasileiro.
O produto, além do reconhecimento pelo FDA como um alimento com características funcionais e que possui pela presença de antioxidantes podendo atuar na prevenção de doenças cardíacas, câncer e também fortalecer o sistema imunológico, registrou um aumento de consumo da ordem de 8% no mercado nacional em 2004.
Enquanto os outros óleos são produzidos a partir das sementes, o azeite é o único óleo extraído da fruta (azeitona), que possui gordura monoinsaturada vitaminas e minerais, além de ser fonte de vitamina E e de vários compostos que são antioxidantes. Ao consumir o azeite estamos ingerindo 77% de gordura monoinsaturadas, 14% de saturadas e 9% de polinsaturadas, o que torna o óleo mais saudável em relação aos outros
O consumo de azeite também pode ajudar no tratamento e prevenção do câncer, pois seus componentes reduzem de forma significativa os níveis de gene da doença chamado Her-2/neu. No caso de diabetes, a substituição de gordura saturada pelo azeite melhora a resistência à insulina e conseqüentemente diminui a glicose do diabético.
O azeite extra virgem tem suas características fortalecidas a partir de seu preparo. No processo de fabricação é necessário que a oliva seja prensada em uma temperatura baixa, ou seja, a frio para não destruir suas propriedades. Classificado como o melhor da categoria, o Extra Virgem, além do alto teor de antioxidantes, tem acidez de até 1%, o que significa que quanto mais baixo for o teor melhor será a qualidade do azeite.
“Vale ressaltar que o azeite é uma gordura, porém mais saudável que as demais, e sua qualidade, principalmente do Extra Virgem, independe de sua cor.
O consumidor deve ficar atento ao rótulo, à tradição do produtor e às especificações do fabricante”,

A origem da oliveira
A origem da oliveira, na sua forma primitiva, remonta à Era Terciária - antes do nascimento do homem - e situa-se na Ásia Menor, talvez na Síria ou Palestina tendo sido encontrados em todo o Mediterrâneo folhas de oliveira fossilizadas, datadas do Paleolítico e do Neolítico. Pensa-se que a Olea Europaea resultou de um cruzamento de várias espécies. três mil anos antes de Cristo já a oliveira era cultivada em todo o “crescente fértil”. Terão sido os Gregos os responsáveis pela sua dispersão na Europa mediterrânica. Mais tarde, nas expedições marítimas, os portugueses e os espanhóis transportaram a oliveira para a América.

Características da oliveira
A Oliveira é uma árvore de porte médio, muito resistente, com raízes que atingem os 6 metros, sendo conhecidas cerca de 400 espécies. Tem crescimento lento e normalmente só entra em produção a partir do quinto ano

O azeite e a actualidade
Utilizado desde tempos imemoriais como ingrediente culinário, o Azeite foi actualmente "redescoberto", tendo-se convertido num dos pilares da cozinha moderna e saudável.

O azeite em Portugal
O Azeite sempre esteve presente nos recantos da vida diária dos portugueses: na candeia do pobre e no candelabro do rico, na mesa frugal do camponês e nos solenes templos de velhos cultos.

Azeite
Dieta mediterrânica

Fonte: www.nutricaoclinica.com.br

Strogonoff de Frango


1 colher (sopa) de manteiga
1 cebola picada
2 peitos de frango , cortados em tirinhas finas
sal a gosto
4 colheres (sopa) de conhaque
100 g de champignon fresco, picado
2 tomates maduros sem pele e sem sementes, ou
3 colheres (sopa) de catchup
1 colher (sopa) de mostarda
1 lata de Creme de Leite

Modo de Preparo:

Em uma frigideira grande, derreta a manteiga e doure a cebola, junte o frango picado e mexa bem, até ficarem dourados. Tempere com o sal e reserve, despeje o conhaque e incline levemente a frigideira para que o conhaque incendeie. Junte os champignons, os tomates, o catchup, a mostarda, misture e deixe ferver por cerca de 5 minutos. Incorpore delicadamente o Creme de Leite Light, misture ao molho e retire do fogo sem deixar ferver. Sirva a seguir, acompanhado de batata palha.

Dicas: Substituir o frango por carne bovina.
Servir com batata palha

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Camarão na Moranga


Ingredientes:
1 quilo de camarão médio;
4 colheres (sopa) de azeite;
2 dentes de alho;
1 cebola;
5 tomates sem sementes;
sal e pimenta a gosto;
1 lata de creme de leite sem soro;
300g de requeijão cremoso;
1 moranga.

Modo de Preparo:
Retire a tampa da moranga e a seguir, as sementes.
Lave e enrole-a em papel alumínio.
Leve ao forno e asse por 45 minutos.
Reserve.
Em uma panela, aqueça o azeite e refogue o alho e a cebola.
Junte os tomates picados, a pimenta, o sal e 3 colheres (sopa) de catchup (opcional).
Desligue.
Acrescente o creme de leite.
A seguir, agregue os camarões aferventados.
Cozinhe por aproximadamente 3 a 5 minutos.
Reserve.
Espalhe o requeijão dentro da moranga reservada.
Despeje o creme de cama
rão.

Dica: no lugar do camarão pode ser carne seca

Rabada


Ingredientes:
2 kg de rabos de boi
1 Cebola média
4 Dentes de Alho
4 Tomates médios
2 Caldo de carne
2 Folha de Louro
2 Limões para lavar
2 Copos de água
1 Cerveja preta
Sal e pimenta a gosto
1 xíc. De cebolinha para decorar

Modo de Preparo:
Escalde a rabada em água fervente e lave bem tirando todo o excesso de gordura. Lave com o suco dos limões.
Em uma panela de pressão grande, frite o alho a cebola bem picadinho. Acrescente a rabada e deixe fritar bem. Coloque os cubos de caldo de carne, o tomate picado, acertando o sal. Deixe fritar bem. Cubra a rabada com a cerveja e cozinhe na pressão por 30 minutos. Destampe, acertando o sal se necessário e deixe cozinhar até ficarem macias.

Dicas: Servir com polenta mole

PUCHERO


Ingredientes:
2 xíc.de grão de bico
1/2kg de patinho em cubos
2 colheres de sopa de azeite
2 dentes de alho amassado
2 cebolas picadas
2 paios em rodelas
1 linguiça defumada em rodelas
1 peito de frango em pedaços
2 coxas com sobrecoxas de frango em pedaços
4 tomates sem pele e sementes picados
200g de vagem manteiga cortadas ao meio
2 batatas picadas
1 batata-doce cortada em quatro
2 cenouras em rodelas grandes
1 colher de sopa de extrato de tomate
Sal
Pimenta-do-reino
1 1/2 litro de água
1/2 copo de vinho branco seco
1 xícara de chá de abóbora picada
1 xícara de chá de repolho picado

Modo de preparo:
Doure a carne no azeite com o alho e a cebola. Junte o paio, a linguiça e o frango. Adicione o tomate, o grão de bico, a vagem, a batata, a batata-doce,a cenoura, o extrato, o sal, a pimenta, a água e o vinho.
Ferver durante 30 minutos.
Coloque a abóbora e o repolho, deixe cozinhar por mais 10 minutos.

Dica: sirva quente acompanhando de arroz.

Dobradinha


Ingredientes:
1kg de dobradinha (cortada em tiras)
suco de limão a gosto
1 folha de louro
1 cebola grande
água (o suficiente)

Ingredientes do Feijão
1/2kg de feijão branco cozido (com o caldo)
1/2kg de linguiça calabresa defumada (cortadas em fatias)
1/2kg de músculo (cortado em pedaços)
1/2kg de costelinha de porco (temperadas com sal, limão e alho)
300g de bacon (cortado em cubinhos)
300g de paio (cortado em fatias)
1 cabeça de alho (bem picado)
2 cebolas grandes (raladas)
3 folhas de louro
1 pimenta vermelha (cortado em pedacinhos)
1 colher (sopa) de colorau
1kg de batatas (cortadas ao meio)
1/2kg de cenoura (cortadas em pedaços)
cheiro verde a gosto
sal a gosto

Preparação:
Lave muito bem a dobradinha e deixe coberta com água e suco de limão. Escorra essa água e despreze.
Leve a dobradinha para cozinhar, em uma panela de pressão por 30 minutos, com o louro e a cebola. Escorra e reserve.
Doure em uma panela grande o bacon, a linguiça, o paio, o músculo (cozido no feijão).
Coloque a cebola, o alho, o colorau e a costelinha.
Depois de bem refogado, acrescente a dobradinha, o feijão com o caldo, as batatas e a cenoura.
Deixe o molho apurar e por último, coloque o cheiro verde.

Dica: já deixei o buxo de molho no leite a noite inteira, depois é só ferver sai todo o cheiro e fica mais saborosa.

Feijoada à Brasileira


Ingredientes
½ kg de lingüiça calabresa curada
½ kg de lingüiça portuguesa
½ kg de paio
1 ½ kg de carne seca (melhor a de manta)
1 ½ kg de carne de porco salgada
1 peça de costela de porco salgada (mais ou menos ½ kg)
1 peça de costela de porco defumada (½ kg mais ou menos)
2 pés de porco salgados
3 rabos de porco salgados
250 g de bacon
1 ½ kg de feijão preto
2 maços de couve
2 maços de cheiro verde
2 pimentas vermelhas
2 cebolas grandes
2 tomates maduros
3 folhas de louro
4 dentes de alho
farinha de mandioca cru

Modo de Preparar
Pique as carnes (carne-seca e carne de porco) em pedaços de mais ou menos 10 a 15 cm.
Pique a costelas, a salgada e a defumada, seguindo as ripas e corte-as em dois pedaços cada uma.
Pique os pés em quatro pedaços Pique os rabos em pedaços de 7 a 15 cm (não precisa medir, vá no chute) As lingüiças deverão ser fatiadas em rodelas, retire antes a pele.
Lave as carnes em água corrente e cozinhe-as, separadas a carne seca e a costela defumada, em bastante água.
Cozinhe a carne seca durante 40 minutos em panela de pressão, e as demais (carne de porco, costela salgada), por 20 minutos.
Pés e rabos podem ser cozidos juntos, por 20 minutos.
A costela defumada deve ser cozida separadamente por 20 minutos.
As lingüiças (calabresa, portuguesa e paio) podem ir juntas ao fogo, já cortadas, numa panela tapada, com dois copos d'água, e cozidas por 15 minutos.
Depois de tudo cozido, carnes, rabos, pés, costelas e lingüiças, escorra a água do cozimento, e reserve tudo.
Experimente o sal das carnes, deverá ter saído com o cozimento.
Se não saiu, dê mais uma fervura, que feijoada sem sal tem jeito de consertar, mas salgada é caso perdido.
Lave e cozinhe o feijão em panela de pressão por 25 minutos. Vai ficar meio duro, mas não se preocupe com isso. Junte tudo numa panela grande (enorme).
Carnes, lingüiças e feijão, acrescente dois litros de água fervente. E deixe cozinhar por 30 minutos. Mexa de vez em quando para não queimar no fundo. Durante o cozimento, o caldo deverá engrossar (isso depende do feijão, feijão velho não dá bom caldo).
O feijão e as carnes amolecerão, chegarão ao ponto.
Retire uma cuia de caldo para fazer o molho, e reserve no canto da pia. Prepare o tempero da feijoada: alho picado, frito na gordura do bacon (do qual você já fez um torresmo), cebola dourada na mesma gordura, e jogue tudo no panelão.
Acrescente o louro, deixe apurar um pouco e meta lá o cheiro verde picado. Está pronta a feijoada, a consistência ideal é de lava vulcânica.
Com os torresmos do bacon faça um farofa com farinha mandioca.
A couve deve ser picada como fio de cabelo, fininha, e refogada de leve com gordura de bacon, um tico de sal para dar gosto, e é só.
Aquele caldo que você deixou de lado, vai virar molho: duas pimentas vermelhas picadas miudamente, cebola fininha, cheiro verde picadinho, tomate sem pele em cubinhos ridículos, misture tudo no caldo, e leve tudo pra mesa. Arroz branquíssimo para contrastar com o feijão.

Rendimento para 15 pessoas.

Dica: prefira sempre feijão novo. A proporção do feijão é, mais ou menos, 1 kg de feijão pra cada 5 kg de carnes.

Fondue, não deixe de fazer neste Inverno


Fondue de Queijo
Ingredientes:
1 dente de alho
½ xícara de vinho branco seco
1 colher de casca de limão ralada
2 xícaras de queijo gruyére ralado
2 xícaras de queijo tipo suíço ralado
1 colher de maisena
1 colher de kirsch (aguardente de cereja)
Pedaços de pão em cubos

Modo de Preparo:
Esfregue o alho na parte interna da caçarola, e descarte-o. Coloque o vinho, a casca de limão e os dois tipos de queijos na caçarola. Cozinhe em fogo alto mexendo sempre até os queijos começarem a derreter, reduza o fogo e continue mexendo até derreter completamente.
Acrescente a maisena, o kirsch e continue cozinhando sem parar de mexer até obter uma mistura homogênea e levemente espessa.
Ascenda o fogareiro, coloque a caçarola sobre ele e comece o ritual!

Fondue 4 Queijos
Ingredientes

200g de requeijão tipo Catupiry
200g de queijo tipo Gruyére
200g de queijo fundido
200g de queijo serrano
200 ml de vinho branco seco
Pimenta do reino a gosto

Modo de Preparar
Ralar os queijos e agregar o requeijão. Sobre o recháud, mantendo a chama do mesmo regulada para média, ou no microondas, no caso da penela de vidro, pelo tempo de 3 minutos. Derreter e homogenizar a mistura até a mesma atingir a temperatura ideal para degustar. Acompanhar com pão francês (dormido) ou legumes levemente aferventados.


Fondue de Carne
Ingredientes:

800g de filé mignon
2 xícaras de óleo de canola ou girassol
1 folha de louro
1/2 batata grande
sal, pimenta e alho à gosto

Modo de Preparo:
Corte o filé mignon e cubos, coloque em uma travessa e reserve.
Coloque o óleo, o louro e o pedaço de batata na caçarola e aqueça em fogo alto (não deixe o óleo em ponto de fritura).
Ascenda o fogareiro, coloque a caçarola sobre ele bom apetite!
Lembre-se: é importante não salgar a carne antes de mergulhar na fritura, pois isso formará água e provocará respingos.

Fondue Tiramesú
Ingredientes

200g de requeijão
100g de leite condensado
100g de creme de leite
50ml de Rum
100g de chocolate meio amargo
1 colher de sopa de café solúvel
4 gemas
1 colher de sopa de amido de milho

Modo de Preparar
Colocar o requeijão, o leite condensado e o creme de leite na panela. Dissolver o amido de milho e o café solúvel no rum e agregar as gemas peneiradas. Juntar à mistura da panela e levar ao réchaud, mantendo a chama do queimador sempre baixa, até adquirir consistência. Para acompanhamento usar frutas da estação, frutas cristalizadas e bolos.


Fondue à Putanesca
Ingredientes

1 dente de alho
250 g de requeijão
100 g de queijo emmental
200 g de queijo gruyére culinário
100 ml de vinho branco seco
3 colheres de sopa de Kirsh
50 g de azeitonas pretas picadas
50 g de alcaparras picadas
50 g de anchovas picadas
pimenta à gosto
se desejar uma colher de chá de orégano, e um pouco de noz moscada

Modo de preparar
Colocar o vinho na panela aquecendo-o bem.
Acrescentar os queijos.
Misturar ligeiramente (no caso de estar utilizando panela de vidro iniciar o processo no microondas por 3 minutos).
Homogenizar a mistura e acrescentar as azeitonas, alcaparras, anchovas e o kirsh

Funue de Queijo com Batata
Ingredientes:
1 kg de tomates maduros
2 xícaras de água
1 colher (sopa) de maisena
1/2 xícara de vinho branco
375 g de queijo emmenthal, itálico ou gouda cortado em cubinhos
1 colher (chá) de manjericão seco
Sal e pimenta-do-reino a gosto
Batatas miúdas cozidas

Modo de preparo:
Mergulhe os tomates rapidamente em água fervente, escorra e retire a pele. Cozinhe-os na água até ficarem macios. Passe por uma peneira. Coloque o purê de tomate em uma panela para fondue. Leve ao fogo e deixe ferver. Misture a maisena com o vinho e adicione ao purê de tomate. Cozinhe por mais alguns minutos. Junte o queijo e o manjericão aos poucos, mexendo bem. Sirva quente, assim que o queijo derreter. Coloque as batatas em espetos ou em palitos compridos e mergulhe-as na fondue. Se desejar, faça o mesmo com pedaços de pão francês.

Fondue de Tomates
Ingredientes

1 dente de alho descascado
500 g de tomates bem maduros, sem pele
450 g de queijo gruyère cortado em cubinhos
200 g de queijo emmenthal cortado em cubinhos
2 colheres (chá) de maisena
1 colher (sopa) de água
1 colher (sopa) de creme de leite
1/2 colher (chá) de orégano
1 colher (chá) de páprica doce
Sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto
Pão torrado para acompanhar

Modo de preparo:
Esfregue a metade do dente de alho em uma panela própria para fondue e pique o resto. Corte os tomates em tiras, bata-os no liquidificador e peneire, obtendo 1 1/3 xícara de molho. Coloque o molho de tomate e o alho picado na panela e deixe ferver. Acrescente os queijos, a maisena dissolvida na água e cozinhe em fogo alto por alguns minutos, mexendo sempre. Quando a mistura estiver homogênea e lisa, adicione o creme de leite e as especiarias. Misture bem. Sirva quente com pão torrado.

Fondue Light de Frutas
Ingredientes:

2 xícaras (chá) de morango
1 xícara (chá) de amora
Suco de 2 laranjas
1 xícara (chá) de adoçante próprio para ir ao fogo
1 embalagem de pudim light de baunilha
1 xícara (chá) de damasco seco picado
1 xícara (chá) de mamão tipo papaia seco picado
1 xícara (chá) de pêra seca picada

Modo de preparo:
Bata os morangos e as amoras no liquidificador junto com o suco de laranja até ficar homogêneo. Passe pela peneira e ponha em uma panela. Leve ao fogo e acrescente o adoçante. Ferva por 15 minutos. Acrescente o pudim de baunilha dissolvido na água conforme as instruções do fabricante e leve novamente ao fogo, sem parar de mexer, até formar um creme. Despeje na panela de fondue e coloque-a no réchaud. Arrume as frutas secas em travessas pequenas e sirva-as mergulhadas no creme de baunilha


Fondue de Chocolate e Laranja
Ingredientes:

400 g de chocolate meio-amargo cortado em pedacinhos
1/2 xícara de leite
3 colheres (sopa) de licor de laranja
1/4 de xícara de creme de leite
Acompanhamentos
Frutas frescas (abacaxi, morango, banana, pêra, maçã)
Biscoito inglês
Frutas secas (damasco, ameixa, figo etc)

Modo de preparo:
Coloque o chocolate e o leite numa panela e leve ao fogo. Misture bem até derreter. Retire do fogo, acrescente o licor e o creme de leite. Misture novamente. Coloque numa panela própria para fondue e leve à mesa. Faça Espete as frutas e biscoitos e mergulho no chocolate quente.


Fondue de Chocolate
Ingredientes
250g de chocolate ao leite
125g de chocolate meio amargo
200g de creme de leite (com soro)
½ cálice de licor (menta, laranja, etc.) ou conhaque

Modo de Preparar
Picar o chocolate, juntar o creme de leite e o licor. Sobre o réchaud, (tendo o cuidado de manter a chama sempre baixa), fundir a mistura até que esteja homogêne e na temperatura ideal para ser degustada. Observar para que a mesma não entre em ebulição. No caso de utilização de panela de vidro, você poderá fundir a mistura no microondas, usando potência média por 2min.

Ao servir

Frutas da estação cortadas em cubos; bolos; frutas secas; etc.
Espetar os acompanhamentos com os garfos especiais para Fondue e mergulhar na mistura aquecida.

Fondue de Chocolate Branco com Cassís
Ingredientes:
500g de chocolate cobertura branco
1 creme de leite
½ mamão papaia
1 cálice (50ml) de licor de cassís
1 colher de (sopa) de geléia de cassís (opcional)

Modo de Preparar
Picar o chocolate e acrescentar o creme de leite. Sobre o réchaud, (tendo o cuidado de manter a chama sempre baixa), ou no microondas, no caso da panela de vidro refratário (na potência média por 2 min.) fundir a mistura. Assim que a mesma estiver derretida, acrescentar o mamão batido com o licor e a geléia. Aguardar a temperatura própria para iniciar a degustação tomando o cuidado de não deixar o chocolate entrar em ebulição. Degustar com frutas da estação ou bolo amanhecido.

Fondue de Banana
Ingredientes:
600 gr de queijo emmental,
1 dente de alho,
330 ml de vinho branco,
4 colheres rasas de chá de maisena,
1 colher de chá de suco de limão,
2 colheres de chá de água.
1 copinho de ginjinha
pimenta-do-reino moída,
noz-moscada ralada, se quiser

Modo de Preparo
Rale o queijo. Esfregue a parte interna da panela de fondue com dente de alho. Despeje o vinho na panela e deixe amornar. Em seguida, acrescente o queijo e mexa. Formar-se-á um bolota, até que o queijo comece a se dissolver. Deixe ferver, mexendo vigorosamente. Dissolva a maisena com suco de limão e a água e misture-a à massa de queijo, mexendo com uma colher de pau no sentido de um oito, para que o queijo não fique em ponto de fio. Quando a massa estiver cremosa, misture a ginjinha, tempere com a pimenta e a noz-moscada, se quiser. Corte as bananas em pedaços. Esmigalhe os sucrilhos e distribua-os em 4 tigelinhas individuais. Mergulhe 1 pedaço de banana por vez na massa de queijo quente e, em seguida, passe-o nos sucrilhos.

Dicas:
Sugestão: tempere os pedaços de banana com raspas da casca de limão.
Para cada pessoa: 2 bananas e 2 colheres de sopa de sucrilhos.

Dicas de Molhos:

Molho rosê
Creme de leite
catchup
(E o que mais estiver acostumado a usar)

Molho de curry
1/2 xícara de maionese
1 colher (sopa) de curry em pó
2 colheres (sopa) de creme de leite
sal e pimenta-do-reino à gosto

Molho de mostarda
1/2 xícara de maionese
1 colher (sopa) de mostarda em pó
2 colheres (sopa) de creme de leite
sal e pimenta-do-reino à gosto

Molho de damasco
1/4 de xícara de catchup
2 colheres (sopa) de geléia de damasco
1 colher (chá) de molho inglês
1 colher (chá) de vinagre

Molho tártaro
1 xícara de maionese
1 colher de sopa de picles
1 colher de sopa de azeitonas picadas (eu prefiro as verdes)
1/2 colher de sopa de cheiro verde
1/2 colher de sopa de alcaparra

Molho de wasabi
1/2 xícara de maionese
1 colher (café) de wasabi (raiz forte)
4 colheres (sopa) de catchup
3 colheres (sopa) de creme de leite

Na Panela de Pressão



Frango assado na pressão
INGREDIENTES:
1,2kg de frango (inteiro);
sal e pimenta-do-reino a gosto;
2 dentes de alho amassados;
1 xícara (chá) de leite;
2 cubos de caldo de galinha esfarelados;
1 litro de óleo.

PREPARO:
Tempere o frango com sal, pimenta, alho, leite e o caldo de galinha, por dentro e por fora e deixe descansar por uma hora. Escorra o tempero. Em uma panela de pressão, aqueça o óleo, acrescente o frango com o peito para baixo tampe a panela, sem o pino e cozinhe por 20 minutos, após iniciar a fervura. Abra a panela, vire o frango, tampe a panela e cozinhe por mais 20 minutos, após iniciada a fervura. Retire a pressão, destampe, retire o frango e deixe escorrer em papel-toalha. Disponha em uma travessa e, se desejar, sirva com fatias de limão.

Dica: pode ser frango cortado a passarinho, temperado que você encontra no supermercado. Acrescente uma colher de açúcar ele ficara com aspecto de frango caipira.

Carne na cerveja
INGREDIENTES:
4 colheres (sopa) de azeite;
1 quilo de carne tipo coxão duro inteiro
(peça); 1 cebola picada;
500g molho de tomate;
1 lata de cerveja;
2 cubos de caldo de picanha;
½ colher (sopa) de açúcar;
1 lata de água (use a lata de cerveja para medir);
sal a gosto.

PREPARO:
Na panela de pressão, coloque o azeite, a carne e frite em fogo alto até dourar por igual. Acrescente a cebola, o molho de tomate, a cerveja, o caldo de picanha, o açúcar, a água e o sal. Misture, tampe a panela e leve ao fogo médio até a panela pegar pressão. Abaixe o fogo e cozinhe por 45 minutos. Retire a pressão, abra a panela, verifique se a carne está macia e sirva em fatias regadas com o molho que se formou na panela.

Dica: se quiser mudar a cor do molho é só acrescentar ½ copo de molho de soja, ficara o molho preto. Sirva com purê de batatas

Batata frita na pressão
INGREDIENTES:

1Kg de batata sem casca;
1 dente de alho amassado;
sal a gosto;
1 envelope de caldo de galinha em pó;
1 litro de óleo.

PREPARO:
Em uma tigela, coloque as batatas cortadas em 4 partes, o alho, o sal, o tempero de galinha, misture e deixe descansar por 10 minutos. Em uma panela de pressão, coloque o óleo, as batatas temperadas e tampe a panela, sem o pino. Leve ao fogo médio até ferver e cozinhe por 1 hora e 15 minutos. Abra a panela, retire as batatas com uma escumadeira, deixe escorrer em papel-toalha e sirva em seguida acompanhada com patê de sua preferência.

Dicas: antes de temperá-las, coloque uma colher de bicarbonato, por 30 minutos. Lave-as e seque. Ela ficara mais crocante

Lombo na cerveja preta
INGREDIENTES:

3 colheres (sopa) de azeite;
1,5kg de lombo de porco (peça);
1 cebola picada;
1 folha de louro;
1 lata de cerveja preta;
1 colher (sopa) de açúcar mascavo;
2 colheres (sopa) de mostarda;
1 colheres de sopa de manteiga

PREPARO:
Em uma panela de pressão, coloque o azeite, o lombo e frite em fogo médio até dourar. Adicione os demais ingredientes, tampe a panela e cozinhe por 35 minutos, após iniciar a pressão. Retire a pressão, abra a panela, verifique se a carne está macia e corte em fatias. Sirva regada com o molho.

Dica: engrosse o molho com amido de milho e coloque champion.
Decore com cebolinha verde.

Pudim de leite condensado de panela de pressão
INGREDIENTES:
1 xícara (chá) de açúcar;
1 lata de leite condensado;
4 ovos, ½ colher (sopa) de maisena;
2 latas de leite (use a lata de leite condensado vazia para medir)

PREPARO:
Leve ao fogo alto o açúcar, mexendo, até derreter e virar caramelo. Retire do fogo e espalhe em uma fôrma de buraco no meio que caiba dentro da panela de pressão. No liquidificador, bata o leite condensado, os ovos, a maisena e o leite. Despeje na fôrma caramelada, tampe e coloque na panela de pressão. Acrescente água até a metade da forma, tampe e leve ao fogo alto até ferver. Cozinhe por 40 minutos após iniciada a pressão. Retire do fogo e retire a pressão. Abra a panela, retire a fôrma com cuidado para não se queimar, leve à geladeira por quatro horas, desenforme e sirva.

Dica: acrescente no leite chocolate em pó, ficara pudim de chocolate.

Macarrão de pressão
INGREDIENTES:

3 colheres (sopa) de azeite;
2 dentes de alho amassados;
1 cebola picada;
1 lata de molho de tomate;
½ colher (chá) de açúcar;
2 cubos de caldo de galinha;
3 xícaras (chá) de água, sal a gosto;
2 colheres (sopa) de salsa picada;
500g de macarrão parafuso.

PREPARO:
Na panela de pressão, coloque o azeite, o alho, a cebola e leve ao fogo alto até fritar e dourar levemente. Acrescente o molho de tomate, o açúcar, o caldo de galinha, a água, o sal, a salsa, e misture. Acrescente o macarrão, misture, tampe a panela e cozinhe por 10 minutos, após pegar pressão. Espere a pressão sair, abra a panela, misture e sirva em seguida.

Dica: use o macarrão a base de cemola ele ficara mais soltinho e não grudara.

BERINJELA DE PANELA DE PRESSÃO
Ingredientes

2 berinjelas descascadas e cortadas em cubos [não pode colocar água]
1/2 copo de azeite
1/2 copo de vinagre
2 pimentões um vermelho e um amarelo
1 pitada de sal
4 folhas de manjericão
1 cebola picada
½ xícara de uvas passas branca

Modo de preparo
Misturar tudo e colocar na panela de pressão na chama alta.
Quando começar a chiar, abaixar a chama e contar 6 minutos e desligar, não pode abrir.
Dica: Se fizer de manhã abra a panela à noite. Se fizer à noite abrir a panela só no dia seguinte. .
Guarde na geladeira. É um delicioso aperitivo.

quarta-feira, 13 de maio de 2009